Rejunte e argamassa: importância de escolher bem

116 VISUALIZAÇÕES
Faça você mesmo imagem principal blog

Para finalizar a execução do projeto arquitetônico, um passo extremamente importante é a aplicação de rejunte e argamassa. Esses materiais estão diretamente relacionados ao revestimento utilizado e, dependendo da peça, o tipo de rejunte pode mudar. Outra questão que sempre se cria é em como fornecer um visual agradável para o resultado da obra. A fim de responder a essa e outras dúvidas, a Chatuba preparou este artigo exclusivo. Acompanhe a leitura, anote as dicas e depois nos mostre como ficou!

Informações importantes na hora de escolher rejunte e argamassa

Pintor aplica rejunte e argamassa no teto branco

Função do rejunte

O rejunte veda o revestimento, consequentemente, evita possíveis infiltrações e fissuras. Além disso, o material ajuda no alinhamento de placas, já que facilita a compensação de irregularidades. O produto é maleável, facilitando trocas de peças para manutenção ou reforma. Em sua composição, estão elementos minerais, pigmentos, cimento, aditivos e polímeros, entre outros.

Principais tipos

  • Acrílico: na composição, estão pigmentos, aditivos, polímeros, agregados minerais, cimento e resina acrílica;
  • epóxi: é um forte resistente químico e mecânico a fungos e manchas. Existe a partir de uma base de resina e, além de tudo isso, é impermeável;
  • cimentício: união de agregados minerais e cimento. A cor provém de pigmentos e, para o tipo de exposição, entram os aditivos e polímeros. Ideal para áreas molháveis.

Aplicação

Para entender o processo de escolha do rejunte e argamassa, logo se vê que são materiais usados em vários tipos de ambientes. Parede, chão, quarto, varanda ou banheiro. Passando por ambientes úmidos, secos, externos ou internos. Ao escolher o rejunte certo, esses detalhes precisam se avaliados.

  • Acrílico: rejunte com acabamento liso, executando uma distância de 1 a 3 mm entre as peças. Perfeito para lavanderia, garagem, cozinha e banheira com pastilhas de vidro, cerâmica ou porcelanato;
  • epóxi: a distância entre as peças do revestimento vão até 3 mm. Todavia, esse material exige um cuidado mais detalhado. Ideal para piscina e fachada com revestimento feito de porcelanato, cerâmica ou pastilha de vidro;
  • cimentício: com acabamento áspero, esse produto é perfeito em áreas que recebem água com alta frequência. A distância, aqui, varia entre 3 e 10 mm entre as peças. Funciona em salas e quartos com pastilhas de vidro, cerâmica ou porcelanato. Piscina e fachada com rejunte aditivado.

Cores

Não existe regra para escolha de cores. O que é frequentemente aconselhado para quem busca por espaços harmônicos e contínuos, é um rejunte próximo à coloração do piso. Agora, se a proposta do ambiente é mais ousada, cores fortes podem trazer mais vibração para a decoração.

Argamassa para revestimentos

Engana-se quem pensa que rejunte e argamassa são a mesma coisa. O primeiro, como visto até aqui, é utilizado para unir peças e está ligado ao acabamento. Já a argamassa, bem como o cimento, faz parte da construção. O material assenta tijolos, azulejos e revestimentos. Além, é claro, de ser ideal na hora de nivelar tetos, pisos e paredes e corrigir ondulações.

5 passos ideais da aplicação

  1. Deposite uma quantidade de água ideal (aquela indicada pelo fabricante);
  2. misture o produto ao líquido e chegue à homogeneização;
  3. para o polímero agir, deixe a mistura repousando até 15 minutos;
  4. a argamassa pode ser utilizada após duas horas da mistura com água para um resultado melhor;
  5. ao aplicar, cuidado para a ferramenta utilizada não arranhar as peças de cerâmica.

Garantir a qualidade dos materiais é indispensável

Mão com luva aplica rejunte e argamassa na parede

Lembre-se de realizar periodicamente a manutenção, como limpeza das placas e rejunte, utilizando produtos neutros e ferramentas que não danifiquem. Alinhado a isso, para a qualidade da obra, o ideal é contar com produtos de excelente qualidade. Sabe onde você irá achá-los? Em uma loja de material de construção da Chatuba perto de você.

Agora que sabe a importância de escolher o rejunte e argamassa de forma correta, não deixe de aumentar seu conhecimento e agregar benefícios à obra. Em nosso blog, separamos 4 artigos exclusivos que podem lhe ajudar. Leia sobre tipos de argamassa, vantagens do forro de gesso, tipos de rejunte, pisos em grandes formatos e boa construção!

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM